Quer viajar?
Fale com a gente.


(11) 4712-2524
(11) 9.9864-2524

Peça seu orçamento

22 de Setembro de 2017 -
Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017  

CiçaCamp - Sua Agência de viagens em São Roque e região
Dicas de Buenos Aires

Curta a CiçaCamp e fique por dentro das melhores ofertas

DICAS - VIAJE TRANQUILO

DICAS - PREPARANDO PARA VIAJAR

DICAS - FAZENDO AS MALAS

DICAS GERAIS
O DDI do país (Argentina) é 54 e o código da cidade (Buenos Aires) é 11.

BUENOS AIRES
O melhor modo de conhecer a cidade de Buenos Aires dependendo do número de dias disponiveis é comprar um guia de bolso com o mapa da cidade, com os itinerários de ônibus, que se chama “Guia T de bolsillo”. Você pode comprá-lo em quiosques, bancas de jornais e nas estações de metrô. O valor varia entre 7 e 10 pesos.

DOCUMENTOS
Como nos demais países do Mercosul, não é necessário apresentar passaporte para sua entrada na Argentina, mas fique atento para que seu documento de identidade não tenha válidade superior a 10 anos e esteja em bom estado de conservação. É necessário que o funcionário da Alfândega reconheça você através da foto apresentada no RG. Se optar por locar um carro, basta apresentar a carteira de habilitação brasileira.

Se você possui passaporte válido, recomendamos ingressar ao país com o passaporte. O passaporte além de ser o documento oficial em qualquer viagem internacional também tem registrado todos os países pelos quais você já viajou, o que pode ajudar na hora de pedido de visto para os EUA.

Veja no link abaixo os documentos necessários para o embarque de adultos e menores de idade.

LIMITE DE BAGAGEM
Na classe económica, as companhias aéreas brasileiras Gol e TAM aceitam até 23 quilos para bagagem despachada e 5 quilos para bagagem de mão. A Cia. Aerolineas Argentinas limita a bagagem despachda em 20 quilos. Já a chilena LAN é mais light com os limites de peso e permite até 8 quilos por viajante para bagagem de mão. Sugerimos, que antes de embarcar você consulte a cia. aérea para saber qual o limite permitido.

AEROPORTO
Os vôos descem em Ezeiza, que está localizado à 22 quilômetros, ou aproximadamente 50 minutos da região central de Buenos Aires. Uma corrida de táxi até os hotéis da região, custa em média por volta de R$ 56,00. Para quem viaja sozinho e para casais, uma boa opção é pegar o ônibus executivo da Manuel Tienda León (www. tiendaleon.com.ar), que cobra R$ 19,50 e deixa os passageiros no Terminal Madero (Avenida Madero - esquina com a Plaza San Martin).

SEGURANÇA
Assim como muitas metrópoles, Buenos Aires sofre com problemas de criminalidade. Valem portanto, as mesmas recomendações conhecidas por quem mora em São Paulo: evite exibir jóias, relógios caros e câmeras chamativas. Em restaurantes, fique atento às bolsas. Cuidado com celulares e carteiras em ruas lotadas como a Calle Florida. Dentro de hotéis, guarde documentos e dinheiro no cofre.

SEGURO VIAGEM
Sempre recomendamos a compra de um seguro viagem, independente do destino. Mesmo que voce tenha um plano de saude no Brasil, ele normalmente não cobre as despesas médicas no exterior. Por isso, se no seu pacote não tiver incluso o seguro, compre um seguro viagem a parte e viaje tranquilo. O valor do seguro é bem baixo e garante sua tranquilidade. Veja os beneficios de ter um seguro viagem clicando aqui.

 

FREE SHOP E ALFÂNDEGA

GOLPES
Há muito dinheiro falso em circulação em Buenos Aires, especialmente em notas pequenas (notas de 1, 2 e 5 pesos).  Fique atento para não cair num golpe simples: você entrega uma nota de AR$ 10,00 para pagar a conta e o vendedor retorna afirmando que como não tem troco, sua despesa é considerada paga.Na verdade o golpe consiste em trocar sua nota verdadeira por uma nota falsa. Outra dica é ao pagar a conta do táxi evitar notas altas (de AR$ 50,00 e AR$ 100,00). O troco pode vir carregado de pesos que não valem nada.

TÁXI
Por causa do preço vantajoso, os táxis são o meio de transporte preferido pelos turistas. A tarifa é composta de uma bandeirada de R$ 2,50 e um adicional de R$ 0,01 centavos a cada 200 metros. Indicamos as seguintes empresas de radio táxi: City Tax (4585-5544), Radio Táxi Blue (4777-8888) e Taxi Premium (4374-6666)

METRO E ONIBUS
Para circular de um lado para outro da cidade use o serviço de metrô e ônibus. É barato e tranqüilo. Siga sempre as dicas de segurança ao circular pela capital portenha.

TELEFONES
Para falar com seus familiares o melhor é usar os “locutórios”, que estão espalhados por todos os lados. Tem valores mais em conta pois se utilizam de ligações via internet o que tem valores mais baixos e justos.

ALFÂNDEGA
Quem viaja de avião para o exterior  pode gastar no máximo U$ 500,00 (dólares) em compras. Sobre o excedente cobra-se 50% de imposto. Uma boa noticia para os viajantes é que desde outubro/2010, celulares,  máquinas fotográficas, relógios, roupas, sapatos e cosméticos não entram mais nessa cota.

CÂMBIO
Pelo grande fluxo de brasileiros em Buenos Aires o real já é aceito pela maioria dos estabelecimentos comerciais. Se voce prefere trocar dinheiro, o melhor negocio é fazer o cãmbio na Argentina. A comparação das tarifas do Banco de la Nación  com as do Global,  ambos em Ezeiza, a cotação girava em torno de 15% mais barata.
Banco de la Nación (www.bna.com.ar. Tel:4480-0241)
Global Exchange (www.globalexchange.es,  tel: 0800-345-1313)

CARTÃO DE DÉBITO
Normalmente as pessoas não sabem que com cartão de débito fornecido pelo seu banco, você também pode fazer saques internacionais. Para isso basta pedir a liberação deste serviço junto ao seu gerente/banco. Verifique qual seu limite diário de saque e taxas que incidem sobre essa operação.

CARTÃO DE CRÉDITO
Ele é útil, mas tem duas desvantagens. A primeira é a incidência de I0F, além dos gastos normais o aceéscimo de mais 6,38% sobre o total das compras. Outra desvantagem é a flutuação do câmbio. Para o fechamento da fatura utilizam o valor do dólar deste dia e não do dia da compra. Só então o valor é convertido em reais.

CARTÃO DE CRÉDITO PRÉ-CARREGADO
Hoje existe a possibilidade de ter um cartão pré pago em Dólar, Euro, Libra, Peso Argentino ou Rand. . O mais famoso dele é o Visa Travel Money. Nele voce carrega o valor desejado em moeda local e utiliza como cartão de crédito comum. A principal vantagem é IOF que é o mesmo da compra de papel moeda, ou seja, 0,38%. Você pode verificar junto ao seu banco se é oferecido este tipo de cartão. Além do seu banco você pode utilizar a Confidence Cambio, que oferece este tipo de cartão.

PARCERIA CIÇACAMP - COTAÇÃO CÂMBIO

COTAÇÃO CAMBIO

A CiçaCamp firmou uma parceria com a Cotação Câmbio.

Com isso, a CiçaCamp consegue reservar a moeda nas lojas ou utilizar a comodidade de entrega a domicilio*
* Verificar a disponibilidade desse serviço

Veja os detalhes

TAX FREE
Ao fazer suas compras repare nas lojas que têm o selo TAX FREE na vitrine. Estes estabelecimentos participam do Global Refund (globalrefund.com). Este programa devolve ao turista estrangeiro o imposto pago na compra de produtos locais, acima de AR$70,00. Ao efetuar suas compras peça o comprovante do Tax Free que deve ser apresentado junto com a nota fiscal nos guichês que estão no piso dos aeroportos (geralmente próximos aos guichês das empresas aéreas). No aeroporto de Ezeiza, você passa por dois guichês entre fazer a solicitação do TAX FREE e o resgate dos valores ou dos créditos que retornam para você na forma de desconto em fatura de cartão de crédito.
Vale a pena pedir a restituição das taxas embutidas em produtos comprados em Buenos Aires. Mas é preciso gastar mais de AR$ 70,00. Não se esqueça de pedir o comprovante do TAX FREE cheque de reembolso, que você irá apresentar, junto com a nota fiscal, no guiché Tax Free do aeroporto - vale chegar bem cedo, pois é comum ter filas. Em Ezeiza, é preciso ir depois a um segundo balcão, o de reembolso, no 20 andar, para resgatar seus créditos. Eles vêm ou em dinheiro ou em estorno na fatura do cartão. A economia pode chegar a 16%.

DUTY FREE
E no dia de voltar ao Bra­sil que o turista passa pelas maiores lojas do Duty Free: a da saída de Ezeiza e a da chegada a Guarulhos. Produtos como hidratantes da Victoria’s Secret. uísques Johnnie Walker e vodca Absolut têm o mesmo preço nas duas unidades. Por isso, vale a pena deixar para adquiri-los em São Pau­lo. Mas a unidade portenha tem mais diversida­de e preços melhores. Apenas lá há lojas ofi­ciais das grifes M.A.CL Bvlgari. Salvatore Ferragamo. Hermes e Empó­rio Armani. Alguns itens valem a pena comprar em Ezeiza e carregar durante o vôo até São Paulo.

GORJETA
Não se assuste. Em Buenos Aires, a palavra para isso é proprina. Não é obrigatória, mas é esperada por garçons, carregadores de malas, entre outros. Ao contrario  do Brasil e dos Estados Unidos a taxa não aparece na conta restaurantes. Um adicional de 10% está de bom tamanho.

O que ver

- MALBA (Museu de arte latino americano de Buenos Aires) (no bairro Recoleta)
- Museu Nacional de Belas Artes (no bairro Recoleta)
- Centro Cultural Recoleta (no bairro Recoleta)
- Centro Cultural Borges (dentro das Galerias Pacífico, que são muito lindas, é um shopping)
- Shopping Abasto: é muito lindo por fora, por dentro é um shopping normal. Era um Mercado tipo o Mercado Municipal, que estava abandonado e o reciclaram para fazê-lo shopping.

Bairro Palermo: é um bairro grande e têm muitas coisas para fazer e para ver.

  • Os Bosques, os Lagos y El Rosedal: estão misturados (é o ibirapuera portenho). Por ali tem o Planetário e o Jardim Japonês para visitar. Nos finais de semana tem bastante gente.
  • Plazita Serrano e Plaza Armenia: Palermo Soho e Palermo Hollywood. Nos fins de semana têm feiras artesanais, bares e restaurantes por todos os lados, lojas de desenho, gente de todo tipo… é bom ir de dia, na semana ou final de semana.
  • Las Cañitas: é outra parte de Palermo com bares e restaurantes também.

Bairro Recoleta: além dos museus e centros culturais, os fins de semana têm uma feira artesanal bem grande na praça na frente do C. C. Recoleta. (sobre tudo os domingos). Também tem o cemitério, que é onde todos os ilustres portenhos estão enterrados. Tanto a feira, como os museus, o centro cultural e o cemitério estão muito perto um do outro.

No bairro Belgrano, têm os fins de semana uma pequena feira de artesanatos. E está muito perto do Bairro Chino, que é pequeno, mas bonito.

Puerto Madero é uma parte reformada, na margem do rio. Ali está o Puente de la Mujer, e é um lindo passeio. Lá, mas um pouco mais longe, está o Hotel Faena, que é um hotel muito chique. E também por ali se chega à San Telmo, caminhando bastante.

Sobre o rio, também estão La Costanera Norte e La Costanera Sur, que são muito lindas para passear. Na C. Sur, esta a Reserva Ecológica, e uma escultura da Lola Mora muito linda, Las Nereidas. Na C. Norte, está o clube de Pescadores e varias piscina e clubes aos que se pode ir por dia.

A Calle Florida, é o micro centro da cidade. É o começo do que se chama “el bajo”. É a parte da  cidade que desce até o rio. Desde ali também se pode ir caminhando à SanTelmo, não é muito longe. No caminho está “La Casa Rosada”, “el Cabildo” e “la Catedral” (onde estão os restos de San Martin)

Bairro San Telmo: é o bairro velho, antigo. Aos domingos têm feira de antiguidades na Praça Dorrego. Têm também lojas de antiguidades, e de roupa de desenho. Os fins de semana é um lindo lugar para passear. Sábado inclusive.

La Boca, é onde está Caminito. Podem ir em qualquer momento, sempre tem turistas, esta sobre o Riachuelo. La é aonde esta o estádio La Bombonera do Boca Junior. No estádio existe um museu e um passeio guiado pelo estádio.  Você pode conhecer o caminito e ir a pé até o estádio.

Mataderos, é um bairro longe do centro que tem uma feira de coisas típicas de campo e artesanatos. Só funciona nos domingos, e as três da tarde que o que se chama “Corrida de Sortija”. Tem danças e comidas típicas.

Para passear à noite... é muito boa a rua Corrientes, desde Callao até 9 de Julio. Lá têm teatros, passeios (el “Paseo La Plaza” é muito lindo), livrarias de usados, muito baratos, outras de livros novos.. teatros off, e muita coisa. Ali estão as tradicionais pizzerias Guerrín (que é mais cara) e Banchero (um pouco mais barata). Nas duas se pode comer pizza por porção, no balcão que é sempre mais barato. Recomendo acompanha-la com um copo de vinho Moscato: é um vinho doce, muito gostoso. Também têm ali um lugar chamado “La Giralda”, onde é muito bom beber um chocolate quente com churros.
Outra boa opção para chocolate, é o “Café Tortoni”, na rua Av. De Mayo 825. Na frente tem uma estação de metrô da linha A.
Em toda a cidade, têm muitas sorveterias, mas as que em geral mais gostam os brasileiros é Freddo, mas também estão Pérsico e Volta. Todas essas são muito boas.

 

Fora da cidade

Coisas para fazer fora de Buenos Aires:

  • El delta del Tigre: se pode ir em trem desde capital. É fácil, é lindo. Se pode andar em catamaran.
  • San Isidro e Olivos. Também pode ir de trem desde capital. São bairros que estão na margem do rio. Olivos têm um Porto muito lindo. Têm um lugar com uma praia de rio chamada Perú beach, mas que não é o único desse tipo... te outros também... Em San Isidro tem uma Catedral muito linda.
  • Para ir até o Tigre, podem pegar o Tren de la Costa, que passa anes por San Isidro e Olivos.
  • Além, se têm mais tempo, da para ir à Rosario, que é em uma outra província mas são só duas horas mais o menos de viaje. É uma cidade na margem do rio também, com praias muito lindas. E a cidade é muito linda.
  • Outro lugar interessante é Mar del Plata: é  uma cidade de praia, onde os surfistas argentinos vão. É uma cidade bastante grande.
  • La Plata: é a capital da Província de Buenos Aires. É uma cidade desenhada, têm uma catedral muito linda e uma casa construída por Le Corbusier : La Casa Curuchet.
  • Luján: é uma cidade distante, com uma catedral muito linda. A mais importante de Buenos Aires.

 

Você também pode montar o pacote de viagem conforme sua necessidade.
Para isto entre em contato conosco. Será um prazer falar com você.
 

Se voce quer contribuir com uma dica, entre en contato pelo formulário e descreva sua dica.

Veja também:

Dicas - Cruzeiros

Dicas - Estados Unidos

Dicas - Nova York

Dicas - Orlando

Pensou em Buenos Aires, pensou CiçaCamp!





CiçaCamp - Viagens e Turismo - R. Prof Germano Negrini, 88 - São Roque - SP - 18130-450
Horário de atendimento: Segunda a Sexta das 9:00hs às 18:00hs - Sábado das 9:00hs às 13:00hs - Fechado aos domingos e feriados